• 0
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
prev
next

"Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Responderam-lhe: Somos descendência de Abraão, e nunca servimos a ninguém; como dizes tu: Sereis livres? Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado. Ora o servo não fica para sempre em casa; o Filho fica para sempre. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres". João 8:31-36 ...

Saiba mais

"Mesmo vós sabeis para onde vou, e conheceis o caminho. Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho? Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim" João 14:4-6 ...

Saiba mais

"E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. João testificou dele, e clamou, dizendo: Este era aquele de quem eu dizia: O que vem após mim é antes de mim, porque foi primeiro do que eu. E todos nós recebemos também da sua plenitude, e graça por graça. Porque a lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo" João 1:14-17 ...

Saiba mais

"Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus; Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; E vos renoveis no espírito da vossa mente; E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade" Efésios 4:21-24 ...

Saiba mais

"O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados de coração, A pregar liberdade aos cativos, E restauração da vista aos cegos, A pôr em liberdade os oprimidos, A anunciar o ano aceitável do Senhor. E, cerrando o livro, e tornando-o a dar ao ministro, assentou-se; e os olhos de todos na sinagoga estavam fitos nele. Então começou a dizer-lhes: Hoje se cumpriu esta Escritura em vossos ouvidos. E todos lhe davam testemunho, e se maravilhavam das palavras de graça que saíam da sua boca [...] E desceu a Cafarnaum, cidade da Galiléia, e os ensinava nos sábados. E admiravam a sua doutrina porque a sua palavra era com autoridade." Lucas 4:18-22, 31-32 ...

Saiba mais
Como ser salvo então? E-mail

Como sou salvo então?Como sou salvo então?
Romanos 10:10: com o coração se crê para a justiça e com a boca se confessa para a salvação...

 

Em Gênesis, especialmente, o substantivo verbalizado "frutificai" nos faz entender o estímulo de Deus para nos multiplicarmos, segundo a nossa espécie, fazendo uma descendência santa, fruto do próprio Deus para dominar sobre a terra. Em outras ocasiões ainda no Velho Testamento vemos a expressão "fruto do teu ventre" como uma descendência e em Salmos e Provérbios compreendemos o fruto como "resultado" de uma situação ou ação (Sl 104:13; P v 1:31), fruto do seu trabalho, do semear e plantar, fruto ou resultado do caminho pelo qual se anda, fruto ou resultado da sua boca, do que fala (Pv 12:14, 18:20-21), fruto dos pensamentos (Jr 6:19), fruto das ações (Jr 21:14) e fruto ou resultado das obras (Jr 32:19). Em especial Isaías 53:11 vemos a profecia sobre o trabalho que Jesus cumpriria e cumpriu, sobre o qual o resultado seria fruto para satisfação: "Ele verá o fruto do trabalho da sua alma".

E finalmente, no Novo Testamento, Jesus vem enfatizar a importância do frutificar, no sentido de nós como pessoas em nosso comportamento e nosso interior e por meio de nós.

Jesus, em um primeiro momento nos fala sobre o aspecto íntimo para cada pessoa, a respeito do estado pessoal. Frutos dignos de arrependimento, por seus frutos os conhecereis, o que produz fruto e o que não produz, frutos bons ou maus, frutificar ou não frutificar (Mt 3:8-10;7:16-20; 12:33; 21:34, Mc 4:20, Lc 3:8-9, 6:43-44, 8:8-15, 13:6-9). Outros livros do Novo Testamento mencionam a frutificação neste mesmo sentido como Gálatas 5:22 sobre os frutos do Espírito, ou seja, o resultado do Espírito Santo de Deus na vida de uma pessoa: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, fé, mansidão, temperança, que sendo frutos vividos influenciam outras pessoas e todo o futuro dela própria.

Vemos também sobre frutos de justiça, frutos de bondade, dentre outros (Ef 5:9; Fp 1:11; Hb 13:15)

Em um segundo momento então, Jesus menciona o ato de frutificar positiva e abundantemente, tendo como resultado a movimentação e produtividade de uma pessoa, para dar muito fruto (Jo 12:24; 15:2-16). Resgatando a citação de Provérbios 11:30 "O fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha almas é sábio", ligamos que Jesus é árvore de vida e nós os ramos para ganhar almas e dar muitos frutos.

Mateus 28:18-20: "Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado"

Marcos 16:15-16 “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.

Entendemos que dar fruto também significa gerar filhos espirituais e descendência, frutificando e multiplicando a vida de Jesus em nós, a pessoa de Jesus e os princípios de Jesus, não somente indo e pregando, mais discipulando, ensinando, compartilhando e trocando experiências para edificação mútua.

Estamos assim plantados como diz em Ezequiel 17:8 "Num bom campo, junto a muitas águas [...] para produzir ramos, e para dar fruto [...]". E Deus se alegra ao ver em nós transformação e muitos frutos do Espírito e também se alegra ao nos ver ganhando muitas almas para o seu reino de amor.

Portanto, o ensinamento que devemos tirar e praticar desta mensagem é:

1 - Deus não só deseja que nós multipliquemos e frutifiquemos, como nos criou com esse propósito;

2 - Precisamos produzir frutos para nossa própria transformação e crescimento e estar cheios do Espírito Santo de Deus, para que haja resultado em nós e através de nós e para a glória a Deus.

3 - Precisamos gerar descendência santa para Deus, filhos espirituais genuínos; os frutos nascem de estarmos ligados na videira verdadeira, constantemente nos enchendo da seiva, crescendo, nos esticando e nos multiplicando. Mas também em outra analogia, devemos ser semeadores que semeiam e plantam, precisamos fazer a nossa parte para haverem "frutos" do nosso trabalho, graças a chuva de Deus.

Vamos, então, frutificar interna e externamente, dar muitos frutos para Deus, ganhar pessoas para Deus, ajudando-as a se manterem na fé e gerar muitas outras vidas a semelhança de Deus, indo, pregando e fazendo discípulos de Jesus, ensinando e caminhando junto. Amém!

Tiago 5:7 "Sede pois, irmãos, pacientes até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia"